Secretarias e Órgãos

Telefones Úteis


Acesso Rápido

Redes Sociais

Página Inicial NOTÍCIAS ​​Centro de Controle Operacional: conheça o lugar onde são gerenciados os trens do Metrofor
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
​​Centro de Controle Operacional: conheça o lugar onde são gerenciados os trens do Metrofor

20/04/2018

Para manter em funcionamento os serviços públicos nas grandes cidades, são necessários esforços que, muitas vezes, acontecem nos bastidores, longe da vista da população. No Metrô de Fortaleza, uma equipe de 290 profissionais se dedicam dia e noite para manter em funcionamento um fluxo de trens que, atualmente, transporta 8,7 milhões de passageiros por ano. Para que isso aconteça, é necessário mais que trens, trilhos e estações; é necessário um cérebro – ou um coração, se preferir –, que se chama Centro de Controle Operacional, lugar de onde são monitoradas e gerenciadas cada uma das 190 viagens diárias no Metrô de Fortaleza.

O trabalho do CCO é fundamental para a segurança durante as viagens, pois o Centro monitora a localização exata de cada trem, em tempo real, durante todo o percurso, em todas as viagens diárias. “Os trens só podem começar uma viagem se o CCO autorizar. Essa é uma medida fundamental de segurança, e se chama licenciamento de trem. Isso garante que não haverá acidentes, pois o CCO só autoriza a partida de um veículo quando constata que a via já está livre para o percurso”, explica o Gerente de Controle de Tráfego, Antônio Carlos Pereira, chefe do CCO.

A grande sala redonda que abriga o departamento - localizado no bairro Moura Brasil, anexado à sede administrativa do Metrofor - indica a dimensão do trabalho realizado. São cerca de 200 metros quadrados de área, onde são gerenciadas as Linhas Sul, Oeste e a operação assistida do VLT Parangaba-Mucuripe; e o local foi projetado para comportar, também, a expansão do sistema metroviário, que acontecerá com as melhorias na Linha Sul, com o início da operação comercial do VLT e a implantação da Linha Leste.

 

Controle de trens e estações

Uma das ferramentas utilizadas pelo CCO é o sistema de telecomunicações da Linha Sul, implantado na atual gestão. Composto por câmeras, sistemas de rádio, telefonia e fibra ótica para transmissão de dados, o sistema de telecomunicações permite troca de informação com agilidade e precisão, entre os profissionais do CCO e as equipes nas estações. Parte dessas informações chegam ao vivo, através de telões que transmitem o vai e v​em em todas as estações. Em outro telão, são exibidas informações dos horários de partida e chegada das viagens.

 

Assessoria de Comunicação

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

PMI Nº1-2018

PMI Nº1-2018

Linha Leste

Chamada VLT Seinfra

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2