Transporte por meio de metrô e VLTs cresce 26% em 2019

14 de janeiro de 2020 - 14:46 #

 

O transporte de passageiros em metrô e VLTs cresceu 26% ao longo de 2019 no Ceará. Esse é o percentual de crescimento na quantidade de pessoas que embarcaram nas cinco linhas operadas pela Cia Cearense de Transportes Metropolitanos na Região Metropolitana de Fortaleza, no Cariri e em Sobral. Todas as linhas tiveram crescimento de demanda em 2019, com destaque para o VLT Parangaba-Mucuripe, que, de janeiro a dezembro, registrou crescimento de 281% no número de passageiros, alcançando 2,2 milhões de usuários.

“Essa linha está em operação assistida e, para nós, essa grande adesão da população, mesmo num período ainda restrito e de testes, mostra que a linha pode e vai atender um número de pessoas muito significativo, pois na operação comercial, apesar da cobrança de tarifa, teremos um intervalo de tempo menor, e um fluxo de trens mais constante, além de operar em horário integral, de 5:30 até 23:30, sem intervalo no período da tarde”, explicou o diretor-presidente da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos, Eduardo Hotz. Atualmente, a operação assistida do VLT funciona em dois períodos, de segunda a sábado, com embarque gratuito: de 6h às 13h e de 16h40 às 20h.

Já a Linha Sul – a maior do Sistema Metroviário, em extensão e em demanda de passageiros – quebrou mais um recorde em quantidade de passageiros, e atingiu quase 10 milhões de usuários em 2019 (9.985.391 no total), aumento de 15% em relação a 2018. Neste ano, serão iniciados os testes do sistema de automatização da Linha Sul, que vai permitir a redução do intervalo de tempo entre os trens nas estações, fazendo com que a espera pelo metrô caia de 17 minutos para 8 ou menos.

No interior, o destaque de 2019 foi o VLT de Sobral, que aumentou em 20% a quantidade de passageiros atendidos, beneficiando mais de 1,6 milhão de pessoas.
O incremento no número de passageiros no ano passado segue a tendência de crescimento registrada desde 2015. Nos últimos quatro anos, o aumento foi de 144% no total de usuários transportados nas linhas em funcionamento.

“Esses números mostram que o sistema metroviário do Ceará se consolida, ano a ano. O metrô e o VLT têm se tornado uma opção concreta de transporte mais rápido e seguro, o que faz com que a população esteja utilizando, cada vez mais, o modal, no seu dia a dia. Por isso, os investimentos vão continuar, de forma expressiva, não só para melhorar as linhas já em operação, como também para construir mais opções de mobilidade para o estado – um exemplo disso é a obra da Linha Leste, em execução”, comemora o Secretário da Infraestrutura do Ceará, Lucio Gomes.